Hotéis cabine opção barata e com conforto

Hotéis cabine opção barata e com conforto

Atualmente os “mini hotéis” ou os hotéis cabines estão crescendo em diversas regiões.  Exemplo disso são as opções presentes nos aeroportos das regiões metropolitanas de diversas cidades, como Rússia, Munique, na Alemanha; Nova Délhi, na Índia; Kioto, no Japão e no Brasil, em  Curitiba, São Paulo e no Recife.

Estes hotéis tem como função, garantir que as pessoas que aguardam o próximo voo em uma rota com conexão possam relaxar. Estas opções permitem reserva um quarto além de existir as versões modernas na qual é possível fazer o check-in em terminais touchscreen. Com isto o usuário tem opção de pagar na hora com seu cartão de crédito e ainda aproveitar a cama, internet e a ducha.

Em relação aos preços eles podem variar de dez euros na Europa ou entre 12 e 39 dólares dependendo da localidade na Ásia.

No aeroporto de Munique, existe iPod dock e um alarme que aciona ante do seu horário de voo. Construídos em 2011 na Rússia, o Sleepbox, possui design orgânico com conceito inspirado no projeto montado em Nova Délhi, na Índia.  Como exemplo, o “Sam Snooze At My Space” apresenta, DVD, carregadores de celular, Wi-fi grátis, cama, mesa de trabalho e ducha.

Hotel Cabine Foto- Divulgação23

Já no Japão os chamados hotéis-capsula (ou casulo), existem há mais de 30 anos, porém o seu conceito foi renovado trazendo opção e modelo de negócio dos hotéis-cabine, com isto a primeira unidade de passageiros para conexão surgiu em 2014, no aeroporto de Narita, em Kioto, no terminal 2.

Hotel Cabine no Brasil

Seguindo a linha dos hotéis cabines do exterior o Brasil recentemente ganhou um hotel cabine, no aeroporto internacional de Recife, em Jaboatão dos Guararapes (PE). O modelo é chamado de “Siesta Box”, tem quatro cabines particulares com cerca de 5 m² cada, Wi-fi, tomada universal, saídas USB, mesa de apoio para laptop, TV com 150 canais, ar-condicionado e painel de controle interno com funções de alarme e despertador, além de roupa de cama e móveis.

Hotel Cabine Foto- Divulgação

Para usufruir do hotel, o serviço de hospedagem é de R$ 49,90 a hora (R$ 15 a adicional).

Já em se tratando de histórico o primeiro hotel deste tipo foi aberto em 2005, no aeroporto Afonso Pena, em Curitiba.  O “Fast Sleep”, apresenta quartos de 4 m² com cama ou beliche, TV, ar-condicionado, banheiro coletivo e Wi-fi (grátis).

No ano passado, o seu valor era de R$ 50 a hora (R$ 10 a hora adiciona)l, além disso, ele era administrado pela rede paranaense Slaviero, que abriu em 2006 uma segunda unidade no aeroporto Governador André Franco Montoro em Guarulhos – esta unidade cobrava, em março de 2015, entre R$ 75/hora (com banheiro coletivo) e R$ 96 (suítes).

De qualquer forma, para o tamanho do Brasil são poucas unidades, entretanto, a demanda aérea parecer crescer, com isto é possível que futuramente exista uma maior instalação deste tipo de hotéis, já que conforme a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), houve um registro que existe um crescimento de 165% de passageiros pagos transportados nos últimos dez anos no Brasil. Foram 109,2 milhões  em 2013, com 90 milhões somente em voos domésticos

Siesta-Box_Foto Divulgação - Infraero

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *